SEGUE
Interessante

Mistérios Coleção

historias-estranhashistorias-estranhas
3 Historia
0 Seguidor
0 Compartilhar

Pedra com texto indecifrável cria desafio mundial

Na França, um grande mistério cerca uma pedra que possui um texto de 20 linhas indecifrável
Os mistérios históricos são sem dúvidas, os mais diversos. Dessa vez, na França foi encontrada uma pedra que possuía inscrições totalmente desconhecidas. Até então, nenhum arqueólogo, pesquisador, tradutor ou qualquer outro profissional foi capaz de decifrar a linguagem.

Texto antigo?

Se trata de uma pedra que possui um metro de altura, e só se tem acesso ao que está descrito nela em épocas de maré baixa pela enseada. Apesar de curiosa, a pedra foi avaliada como sendo de apenas alguns anos antes da Revolução Francesa, ou seja, não se trata de povos muito antigos ou alfabetos do início da civilização.

As letras que foram gravadas na pedra, para diversos profissionais que são especializados em línguas não apresentam qualquer sentido. As letras foram identificadas serem em Francês, porém algumas estão invertidas e outras pertencem também à outros alfabetos. Como em todo o país nenhum profissional foi capaz de decifrar a linguagem, a França lançou um desafio nomeado

O Mistério de Champollion em Plougastel-Daoulas.

Desafio da pedra

Nesse desafio, os pesquisadores franceses envolvidos no mistério divulgaram toda a situação ao redor do mundo, e quem for capaz de determinar o que está escrito na pedra receberá o prêmio de U$ 2.246. Como já citado, o texto possui a mistura de letras de diversos idiomas, dentre eles, letras parecidas com as encontradas em ruínas na Escandinávia.

Muitos pesquisadores locais opinam que pode se tratar da antiga língua basca, no entanto, não há um consenso de qual idioma pertence de fato todas as letras escritas. Mas idiomas como o basco e o bretão são algumas das hipóteses apresentadas. Ainda, para completar o nível de dificuldade do desafio, partes das inscrições estão gastas, provavelmente pela água na qual a pedra foi encontrada.

O desafio ainda está de pé, e foi promovido pelo conselho municipal de Plougastel-Daoulas. Para eles, já que os profissionais locais não foram capazes de decifrar, em algum lugar do mundo alguém pode ter a resposta. Por este motivo o desafio foi lançado.

0
0