Na África do Sul, caçador ilegal é comido por leões após ser morto por elefante

Foto: Jeff Lemond

Um caçador ilegal tentava matar elefantes no Parque Kruger, África do Sul, acontece que ele acabou sendo morto por um dos animais e posteriormente, foi devorado por uma manada de leões. Os guardas só encontraram o esqueleto do homem, caso ocorreu na semana passada.

Na terça-feira da semana passada, dia 2, um caçador ilegal foi morto por um elefante, amigos da vítima informaram para familiares que o fato havia ocorrido. A família então notificou a Polícia.

As autoridades montaram grupos de busca para procurar o corpo do homem pelo Parque Kruger, porém, os restos mortais da vítima só foram encontrados na quinta-feira, por causa de informações concedidas por cúmplices do caçador. Aliás, eles foram presos.

Os três cúmplices afirmaram que após o incidente, eles arrastaram o corpo da vítima para uma estrada, a fim de que alguém encontrasse, depois fugiram. Eles foram presos por caça ilegal, invasão do parque e porte ilegal de armas de fogo.

“Os indícios demonstram que uma manada de leões devorou os restos deixando somente a caveira e um par de calças” afirma a nota oficial do parque.

0