SEGUE
Economia e Negócios

Negócio Coleção

dinheiroherodinheirohero
5 Historia
0 Seguidor
0 Compartilhar

O que é um buy-out?

O que é um Buy-out? Qual seu conceito, aplicabilidade e como pode afetar na produção e na administração de uma empresa?

A decisão de realizar o buy-out deve acontecer em comum acordo entre as partes interessadas de forma que não altere o funcionamento da empresa, é bom que todos os gestores conheçam

Não está entendendo o que é um buy-out e como pode afetar de muitas maneiras o funcionamento da empresa? Não se preocupe, vamos mostrar tudo que acontece e quais as razões de algumas empresas preferirem esse tipo de transação.

O que é um buy-out?

Para responder de forma efetiva sobre o que é Buy-out, em termos mais simples, funciona quando o grupo gestor, que já é o responsável pela administração de uma empresa, nota que existe a possibilidade dessa sociedade quebrar ou sofrer uma venda forçada.

Tomando a iniciativa de

comprar
a maior parte das ações para garantir o controle e tomadas de decisões.

Mas, isso só é possível porque esse grupo gestor percebe que a empresa ainda tem a possibilidade de melhorar sua situação financeira, dando muitos resultados.

Quais tipos de buy-out existem?

Existem alguns

Management Buy-Out

É quando a administração, isto é, alguma gerência nos níveis mais altos da hierarquia da empresa, resolve adquirir a maior parte das ações, tomando para si, a responsabilidade em responder pelo direcionamento da mesma.

A vantagem é o grande conhecimento e experiência de gestão, motivo pelo qual existe uma grande cooperação entre os administradores e donos das ações, já que agora o controle passa a ser de quem realmente conhece a empresa.

Employee Buy-Out

As ações são adquiridas pelos funcionários da empresa, com o auxílio de um grupo gestor e com a colaboração financeira de algum capital externo (bancos e investidores) além da sua participação financeira.

A aquisição das ações pelos empregados causa uma grande transformação de valores e cultura, pois a empresa passa a ser administrada por um grupo gestor, pelos funcionários e parceiros estratégicos.

A aquisição das ações pelos empregados causa uma grande transformação de valores e cultura, pois a empresa passa a ser administrada por um grupo gestor, pelos funcionários e parceiros estratégicos.

Situações mais comuns para um buy-out em uma empresa

Segundo alguns especialistas o Buy-out acontece, na maioria das vezes, em dois casos especiais:

Em empresas familiares, quando existe a necessidade de mudança de direção dentro da família e os acionistas não chegam a uma solução.

Quando a empresa adquiriu muitos débitos e está correndo o risco de falência, ou venda forçada para quitação de débitos. Nesse caso, surge interesse se a empresa tiver a chance de voltar a ser lucrativa.

Existe algum exemplo Buy-out no Brasil?

O Buy-out, não é uma transação que acontece frequentemente aqui no Brasil, mas logo abaixo segue a

A empresa atende pelo nome de Meu Móvel de Madeira, de funcionamento online, um braço da empresa Irani Madeireira de conhecimento nacional, pelo seu grande porte.

Depois da criação do site, após pouco tempo de funcionamento, a madeireira resolveu fechar a sua fábrica de móveis deixando o empreendimento online sem seu principal fornecedor.

Ronald Heinricks, funcionário da empresa, foi escalado para encontrar um comprador e realizar uma boa venda, mas após algumas tentativas resolveu comprar a empresa, segundo o próprio Heinricks, foram encontradas algumas dificuldades quando assumiu a gestão.

Cuidados na hora de considerar

Dessa forma, é muito importante para os gestores saber o significado de um buy-out a fundo. É muito interessante à equipe gestora e funcionários buscarem informações sobre o andamento da empresa na qual atuam para não desperdiçarem oportunidade em adquirir muitas vezes uma empresa com o futuro promissor.

0
0
Negócio Coleção | Economia e Negócios

Como investir em metais preciosos?

A primeira questão que você deve estar em sua cabeça é se vale a pena investir em metais preciosos. A resposta é sim! Afinal, como qualquer outro investimento bem organizado, você terá bons retornos.

Entretanto, tenha sempre em mente que este retorno pode demorar um pouco. O melhor é fazer investimentos a longo prazo e, diante das oscilações do mercado, você tende a ter altos lucros.

0