O maior dia da carreira de Tom Brady vem com título e recordes no Superbowl 51

Tom Brady é um gênio. E tem estrela. Depois de cumprir suspensão nas quatro primeiras rodadas da NFL, voltar e levar o New England Patriots para a decisão, ele bateu diversos recordes da competição no jogo final para conquistar seu quinto título, o mais improvável da história do futebol americano, diante do Atlanta Falcons em Houston.

Até este domingo não existia quarterback pentacampeão. Nenhum time tinha conseguido virar uma desvantagem de 25 pontos no Superbowl, tampouco o New England em jogos de mata-matas. Brady conseguiu derrubar essas marcas. Acha pouco? Ele ainda lançou para 43 passes completos. Só ele fez isso na história das decisões. E quantas jardas ganhou com isso? 466, outro recorde do Superbowl.

Merecidamente, ele foi escolhido o MVP da decisão, pela quarta vez na carreira. Não para menos. Sua equipe perdia, no fim do terceiro quarto, por 28 a 3. Ele fez o milagre acontecer em Houston. Foram três touchdowns, mais duas conversões de dois pontos e um field goal para levar o

jogo

à primeira prorrogação

da

história

, restando 57 segundos para acabar o tempo. O Patriots ganhou a posse de bola na moedinha. E o jogo com um novo touchdown, de James Withe: 34 a 28 e uma mão de anéis para Brady e para o técnico Bill Belichick.

Palmas e todas reverências para o quarterback. O astro da NFL que se emocionou durante a semana ao responder sobre o pai, que foi só a um jogo na temporada - a mãe doente não pode acompanhar nenhum - nos empolgou com sua determinação em não desistir em nenhum momento do jogo. Mesmo com 28 a 3 contra, provando que ele e o esporte são gigantes.

0