O poder de Saitama

O poder de Saitama

ANIMA
Autor ANIMA
O poder de Saitama

Saitama é um personagem incomum dentro do universo dos heróis. Suas dicas de treinamento para ficar poderoso é fazer abdominais, flexões e correr diariamente. Parece ridículo, mas foi assim que o nosso protagonista ganhou a habilidade de derrotar qualquer inimigo com apenas um soco. Sem qualquer possibilidade de derrota que tipo de herói nosso personagem é?

Durante a Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos criaram personagens munidos de atributos sobre-humanos capazes de resolver qualquer problema, chamado de super-herói. Eles representariam os soldados americanos. Super-heróis como a Mulher Maravilha e Capitão América surgiram dentro desse contexto.

As jornadas que cada um deles traçam têm semelhanças. Eles começam fracos e indefesos, passam por desafios, sofrem uma queda, se levantam e resolvem o problema. Porém, a história de Saitama não encaixa nesse esquema. Ele começa fraco e depois conquista seus poderes, mas não teve a redenção ou a queda, sempre venceu todas as batalhas.

Repetidas vezes, Saitama disse ser herói por diversão. Os super-heróis, inicialmente não querem ser heróis, porém depois eles ganham fama e reconhecimento, e aceitam o status. O personagem principal de One Punch Man não se importa com isso. Para ele, ser herói é mais um hobby do que um compromisso com a sociedade.

Já um herói trágico trilha outros caminhos. É aquele personagem que passa por uma grande dificuldade no qual o leva a desgraça. Como na história de Édipo Rei, ele casa com a própria mãe e mata seu pai. Saitama não seria um herói trágico pois nunca passou por uma experiência devastadora, seus problemas nunca foram fortes o bastante para o abalar.

Outra classe de herói é o anti-herói. Aquele que se parece conosco, comete erros, tem inveja e raiva, mas ao mesmo tempo quer fazer a coisa certa. Se trata de personagens como o Deadpool e o Logan. Para esse tipo de herói “os fins justificam os meios”. Saitama não chega a ser um anti-herói. Porém, se analisarmos o aspecto destrutivo que o seu poder pode causar, ele se aproxima um pouco.

Em One Punch Man, cidades são destruídas num piscar de olhos. Elas podem cair em ruínas pelos vilões e também pelos heróis. Os civis que vivem nesses lugares sofrem constantemente ataques vindo de ambos os lados. Dessa forma, um herói, perante outra perspectiva, pode se tornar um anti-herói, já que ele visa derrotar o inimigo acima de tudo, ou seja, nem que tenha que destruir toda uma região habitada.

A lógica grega já enxerga de outra maneira, ser herói é ter sangue de um deus e de uma mortal, como Hércules e Aquíles. Ao colocarmos numa escala de força, podemos concluir que os deuses são mais fortes que os semideuses e estes são mais fortes que os mortais. Saitama, até o momento, não tem paradeiro com deuses, porém o seu poder pode ser comparado aos deles.

É tão imensurável o seu nível de poder que podemos afirmar a soberania de Saitama em todos os universos de heróis. Mais forte que o Goku, Naruto, Super-Homem, Meliodas, e assim por diante. Será que um dia teremos alguém que supere o terrível soco de Saitama?  

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

500x500
500x500