Opinião: A hipocrisia do cidadão de bem na Páscoa

Opinião: A hipocrisia do cidadão de bem na Páscoa

Opinião: A hipocrisia do cidadão de bem na Páscoa

Na Páscoa todos os cristãos celebram a ressureição de Jesus Cristo, um homem exemplar que morreu torturado, cujo único propósito no mundo era amar a todos. Jesus defendia ladrões, prostitutas, doentes, pobres e todas as minorias. Mas no resto do ano, esses “cidadãos de bem” pregam o ódio contra todos que Jesus defendia. Parece que estão seguindo o Messias errado.

O cidadão de bem deixa de comer carne nessa época do ano pois é “pecado”, mas no restante do tempo ele ofende homossexuais, bate na esposa, tem relações fora do casamento e muitas outras coisas.

Jesus Cristo existiu, ele viveu entre nós e nos deixou uma mensagem de amor ao próximo, nos disse para compartilhar o que possuímos com nossos semelhantes, nos ensinou a não julgar as pessoas, além de vários outros ensinamentos de humanidade. Se ele voltasse atualmente no mundo, seria taxado de comunista e ofendido por boa parte dos cristãos.

Jesus era contra a violência, nunca, em hipótese alguma, o líder religioso seria favorável ao armamento da população. Jesus não era racista, aliás, há fortes indícios históricos que afirmam que Jesus era negro, e não o surfista que insistem em usar como sua representação.

Me parece que o cidadão de bem está muito confuso com a situação atual, e está seguindo o Messias errado. Há um Messias vivendo entre nós, mas ele não tem nada de Jesus.

Opinião: A hipocrisia do cidadão de bem na Páscoa

Não creio que Jesus tenha dito que bandido bom é bandido morto, nem que ficasse fazendo arminha com a mão, muito menos que ele defendesse a tortura.

Eu simplesmente não consigo entender como o cidadão de bem pode defender uma pessoa que se diga favorável a tortura, sendo que foi assim que Jesus morreu.

Na época, Jesus foi taxado como criminoso por “cidadãos de bem” bastante parecidos com os de hoje, foram os próprios cidadãos que escolheram salvar Barrabás ao invés de Jesus.

Se Jesus Cristo surgisse no mundo de hoje, o cidadão de bem e o Messias o condenariam a morte novamente.

"Perdoe-os Pai, eles não sabem o que fazem"

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

Histórias relacionadas
1.
Um ovo custa o mesmo que 93,3 milhões de litros de gasolina na Venezuela
2.
Vencedor de concurso de física é na verdade um ator pornô 
3.
Após mandar bolsonaristas estudarem, Janaína Paschoal está sendo ameaçada
4.
Aplicativo brasileiro que traduz português para Libras é premiado no Google
5.
Pedra de 1,3 kg é retirada da bexiga de um lavrador baiano
6.
Homem esquece aliança em casa e recebe mensagem enigmática
7.
Desigualdade de renda atinge maior nível já registrado, afirma FGV/IBRE
8.
Mulher disse que não consegue emprego por ser bonita demais
9.
Bolsonaro ‘perdoa’ R$ 70 milhões em multas de partidos políticos
10.
Em Guarulhos, mulheres tentam traficar drogas em livro de Frozen
500x500
500x500