Patrões amarram doméstica em árvore como punição

Lovely Acosta Baruelo é uma empregada doméstica que trabalha em uma casa de Riyadh, Arábia Saudita, seu nome repercutiu no mundo após seus patrões a amarrarem em uma árvore como punição.

O motivo desse castigo seria o fato dela ter deixado alguns móveis caros no sol, e os chefes queriam fazer com que ela “se sentisse” como essa mobília. A mulher de 26 anos estava trabalhando para a família rica há alguns meses. A foto foi tirada por um colega de trabalho de Baruelo.

O Departamento de Relações Exteriores auxiliou a mulher a voltar para as Filipinas, seu país de origem, ela desembarcou em casa no último dia 9.

“A Embaixada das Filipinas em Riyadh reportou que o caso de Lovely Baruelo foi denunciado no dia 9 de maio, e ela foi repatriada no mesmo dia. Baruelo foi punida pelo empregador, que a amarrou em uma árvore”

Alguns colegas de trabalho da mulher afirmaram que os patrões sempre os machucam quanto cometem algum “erro”. Já em casa, Baruelo desabafou:

“Obrigada a todos os que me ajudaram. Eu gostaria de pedir ajuda também aos outros filipinos no país. Eles são as pessoas que me ajudaram e postaram as fotos, e eu temo pela segurança deles. Espero que sejam resgatados também”

0