SEGUE
Política / Governo

Política Horror Story

ApresentadorDigitalApresentadorDigital
14 Historia
0 Seguidor
0 Compartilhar

Justiça nega mudança de nome de mulher que sofre bullying por se chamar Dilma

A justiça de São Paulo negou o pedido feito por uma mulher chamada Dilma para mudança de nome. Ela afirma que sofre bullying por causa da ex-presidente Dilma Rousseff.

O desejo da mulher era passar a se chamar Manuela, em homenagem ao pai falecido, Manuel. No entanto, o juiz Fábio Falcone negou a solicitação. Segundo a justiça paulista:

"Dilma constitui prenome corriqueiro, sem qualquer conotação deletéria em si. Em princípio, não se trata de nome notoriamente vexatório.

O eventual constrangimento não pode ser atribuído ao nome em si, mas à degradação pública de uma figura que tem nome e sobrenome e cuja mácula coincide com o período em que sua imagem esteve em evidência nos noticiários e nas redes sociais"

0
1
0
0
0
0
0
0
0
0