Justiça determina que a investigação contra Flávio Bolsonaro seja retomada

 

Ontem (23), a Justiça do Rio de Janeiro decidiu dar sequência à investigação de Flávio Bolsonaro, filho do presidente. A mesma desembargadora que havia suspendido o caso há pouco mais de dez dias voltou atrás por causa do coronavírus.

Suimei Cavalieri desejava que o caso fosse analisado por outros desembargadores da 3ª Vara Criminal, no entanto a pandemia de coronavírus suspendeu as sessões. Com isso, Cavalieri decidiu que o Ministério Público deve continuar no caso.

Acredita-se que o filho do presidente tenha sido chefe de um esquema de rachadinha, quando se contrata mais servidores com o intuito de pegar parte de seus salários.

A estimativa é de que mais de R$ 2 milhões tenham sido movimentados.

 
10
Mobil uygulamamızı indirdiniz mi? Hemen indir