Python e JavaScript estão entre as linguagens de programação mais populares segundo a JetBrains

No começo do ano de 2019 a JetBrains realizou uma pesquisa intitulada; State of Developer Ecosystem 2019 sobre o cenário do desenvolvimento de software. Mais de 19.000 pessoas participaram da pesquisa, mas apenas as respostas de 6.993 entrevistados foram incluídas no projeto.

Como foi realizada a pesquisa

Para convocar os participantes eles usaram o Twitter Ads, o Facebook Ads, o Google Adwords e os canais de comunicação da própria JetBrains.

Foram coletadas amostras dos seguintes países: Argentina, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Japão, México, Polônia, Rússia, Coreia do Sul, Espanha, Turquia, Ucrânia, Reino Unido e Estados Unidos. Portanto. Segundo o estudo cerca de 70% de todos os desenvolvedores do mundo moram nesses países.

Resultados gerais

Dentre os participantes entrevistados 69% disseram utilizar nos últimos 12 meses linguagens de programação JavaScript. E para 40%, essa é a linguagem é a principal.

A maioria dos programadores usam o Windows, embora as diferenças entre o macOS e o Linux sejam pequenas.

Outra descoberta curiosa é que quanto mais escrevem código no trabalho mais chances de elas sonharem que estão desenvolvendo. Com o estudo 52% disseram, sim, sonham que estão escrevendo código, mas não frequentemente, só algumas vezes.

A pesquisa concluiu que autônomos, alunos e estagiários trabalham com código nos fins de semana com mais frequência do que outros profissionais.

Percepções da Inteligência Artificial

Aqueles que trabalham com Machine learning profissionalmente são mais céticos em relação à IA (Inteligência artificial) do que aqueles que fazem isso como um hobby. 27% dos primeiros pensam que a IA nunca substituirá os desenvolvedores, enquanto apenas 21% dos últimos acham que sim.

Que cargo desenvolvedores ocupam nas empresas?

Quanto à situação profissional a maioria estão empregados em período integral. 1 em cada 14 pessoas entrevistas ocupam cargos de liderança sênior. Quase todos eles lideram um pequeno negócio.

No total da amostra, 44% consideram o nível de sua posição atual intermediário.

Os profissionais em empresas de TI desenvolvem principalmente produtos de software (fazem o desenvolvimento de produtos), enquanto aqueles que trabalham para empresas que não são de TI estão tipicamente envolvidos em desenvolvimento interno.

Java e JavaScript

A JetBrains com o questionário da empresa revelou ainda que o JavaScript é a linguagem de programação mais usada em geral, mas destaca o fato do Python ter vindo a crescer a grande celeridade.

O estudo relata que 44% dos desenvolvedores de JavaScript usam o TypeScript regularmente. No total, um quarto de todos os desenvolvedores estão usando-o em 2019, em comparação com 17% no ano passado.

O Java é a linguagem de programação primária mais popular e o Java 8 ainda é a versão mais usada, mesmo o Java 10 e o Java 11 tendo se tornado mais populares, foi o que apontou a pesquisa.

Python e Go

O Python 2 está caindo rapidamente, pois 9 de 10 desenvolvedores afirmam estar usando o Python 3 em 2019. No ano passado, um quarto ainda usava o Python 2.

Os principais tipos de desenvolvimento Python são o desenvolvimento Web e a ciência de dados. Ele é indicado como uma das melhores ferramentas para ciência de dados, não é de se espantar que o número de desenvolvedores Python envolvidos em análises de dados e aprendizado de máquina seja tão elevado.

O Go Modules é desenvolvido em grande parte dentro do Google. A linguagem apareceu recentemente, mas 40% dos desenvolvedores Go já o utilizam e 17% querem migrar para ele. O que tudo indica ser uma linguagem promissora.

0