O que é saúde coletiva?

O que é saúde coletiva?

O que é saúde coletiva?

Saúde Pública e Saúde Coletiva são dois conceitos que talvez você precise diferenciar ao estudar o assunto. Se você está se profissionalizando na área ou tem curiosidade, aqui vai saber melhor o que são as duas coisas.

Saúde pública

Nada mais é do que um conjunto de ações e serviços que tem como principal objetivo prevenir e combater patologias que coloquem em risco a saúde da população. Um exemplo disso são os casos de dengue e sarampo, que aumentam e causam mortes.

Saúde coletiva

Possui uma ação muito mais ampla dentro da sociedade, sendo voltada a ações sociais, econômicas e ambientais que possam acarretar riscos a população.

São feitas através de vigilância à saúde, legislação e controle sanitário, políticas públicas e sistemas de saúde. Como exemplo, podemos falar do combate ao consumo de água imprópria ou conscientização sobre o uso de drogas.

Qual a importância da saúde coletiva?

Já temos uma base de como a saúde coletiva é importante para sociedade em geral, abrangendo especialmente grupos de riscos e vulneráveis socioeconomicamente.

O ato de adotar políticas contra esses problemas é de suma importância para a saúde da comunidade. Assim como prevenir também é uma parte essencial dentro da saúde coletiva!

Precisamos falar de saúde mental

O suicídio cresce até 24% entre os adolescentes no Brasil; o brasileiro é considerado a população mais ansiosa do mundo. Sendo assim, é notável que seja implantado programas voltados aos cuidados da saúde mental e, principalmente, a prevenção de alguns males.

Atualmente, podemos apontar os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) como um método de saúde coletiva, sua atuação é de integrar portadores de transtornos mentais em círculos sociais e substituir hospitais psiquiátricos.

E a terceira Idade?

Considerando que o processo de envelhecimento no Brasil está cada vez mais em alta, é relevante a construção das políticas de bem-estar voltadas ao idoso. Afinal, viver mais é importante, mas garantir a qualidade de vida nesses anos é primordial.

A Política Nacional de Saúde do Idoso foi criada visando à promoção do envelhecimento saudável, à prevenção de doenças e à recuperação da saúde, além da autonomia do idoso.

Portanto, por se tratar de uma esfera que vai desde prevenção de doenças aos cuidados com o ambiente e situações sociais de vulnerabilidade, podemos entender o quanto a saúde coletiva tem um papel ativo para ajudar diversas faixas etárias e grupos.

Já imaginou um Brasil sem SUS?

O Sistema Único de Saúde - SUS foi formado justamente com o objetivo de ser um atendimento gratuito e de qualidade; é um dos caminhos (apesar de ter falhas) para se ter acesso a saúde pública e a saúde coletiva. Aliás, o tema é tão imprescindível para sociedade que já é possível encontrar cursos de pós-graduação e graduação na área.

E quanto mais profissionais e mais atenção, mais chance de estudos, programas, legislação e, em especial, soluções a serem desenvolvidas.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

Histórias relacionadas
1.
“Foda-se para todos que pensam o contrário”, diz Kalil em parada LGBT de BH
2.
Entregador sofre AVC e é ignorado pela Rappi, Samu e Uber em caso absurdo
3.
Cachorro gordinho que fingia morar na rua para ganhar comida é desmascarado
4.
Veja como cada um dirige de acordo com o signo
5.
Conheça alguns dos últimos agrotóxicos liberados no Brasil que são proibidos lá fora
6.
Setor automobilístico tem recuperação no mês de junho, mas exportações declinam
7.
VÍDEO: Fiscal derruba empadinhas de ambulante e passageiros se solidarizam
8.
Eike Batista cai em pegadinha e parabeniza Tigresa Vip
9.
Frio chega a 9 graus negativos em SC: veja as menores temperaturas marcadas no país
10.
Moro irá tirar licença de uma semana para tratar de “assuntos particulares”
500x500
500x500