SEGUE
Sobre a vida

Sexualidade Coleção

Luiza NunesLuiza Nunes
11 Historia
0 Seguidor
0 Compartilhar

Com pai grávido, casal mostra que família é onde há amor: “Amor acima de tudo”

Imagens BHAZ

Uma família fora dos padrões está sendo construída por um casal em Itapira, São Paulo. Frank Teixeira, auxiliar de produção de 27 anos e Tarís de Souza, professora de 38, irão ter um bebê. O fato diferente nesse caso é que quem está grávido na verdade é o pai.

Acontece que Frank é um homem transexual que decidiu construir uma família, realizando o sonho de sua parceira. Os dois se conheceram há seis anos, em uma academia, dois anos antes do processo de transição do rapaz.

Tarís sempre sonhou em ser mãe, mas ela tentou pelo menos 11 vezes sem obter sucesso, foi aí que o namorado resolveu fazer uma surpresa e colocou o plano em prática.

Nesta quinta (8), em uma conversa com o portal

“A Taris tentou engravidar por diversas vezes e a ginecologista dela nos ajudou em um primeiro momento, mas nenhuma das tentativas deu certo. Eu decidi tentar em mim e funcionou logo de cara.

Escolhi o doador, ele realizou exames e preparamos toda a documentação. Ele cedeu o material e eu mesmo fiz a aplicação com uma seringa, depois fui contar para a Taris.

Meu corpo foi mudando com o passar do tempo e eu já sabia das consequências. Primeiramente, a Taris ficou preocupada de que a gravidez pudesse prejudicar o meu psicológico, já que passei por um processo com hormônios para a transição. Quando tentei engravidar, no entanto, já havia parado de tomar a medicação. Depois do susto, ela ficou super feliz”

Frank já está no oitavo mês da gravidez, a previsão é de que Antonella nasça no dia 19 de setembro. Eles disseram que receberam o apoio de amigos e familiares desde o início da decisão. Tarís falou sobre o preconceito que pode acontecer com eles:

“Quando percebi o que estava acontecendo, fiquei muito emocionada e chorei. O Frank realizou esse sonho por nós. Fizemos várias ultrassonografias em 3D e já dá para ver que a Antonella será parecida com ele, mas a ansiedade de ver o rostinho ao vivo permanece.

A gente sente pena de pessoas preconceituosas e que fazem críticas. Por um lado, eu acho que são pessoas infelizes que se a vida fosse mais atrativa, talvez não tivessem atitudes assim. Por outro lado, eu tenho certa de que o amor está acima de tudo. Quantos casais heterossexuais, considerados “normais”, abandonam crianças e maltratam seus filhos? Somos uma configuração familiar nova, então as pessoas preferem contestar do que respeitar. O que importa para nós é a nossa família, a nossa felicidade”

0
0
0
0
Sexualidade Coleção | Sobre a vida

Pabllo Vittar é recebida na ONU em Nova York, ninguém quis receber Bolsonaro

Pabllo Vittar se apresentou ontem (19) na sede da ONU (Organização das Nações Unidas) em Nova York. A drag queen fez uma pequena apresentação com cerca de 20 minutos onde interpretou alguns de seus maiores sucessos.

“Obrigada Nacões Unidas e Global Citizen pelo convite. Foi uma honra. Vai ter viado na ONU, sim”, agradeceu Pabllo nas redes sociais após a apresentação.

0
0
Sexualidade Coleção | Sobre a vida

Vitória! Supremo decide que homofobia é crime

Em um julgamento ocorrido ontem (13), o Supremo Tribunal Federal decidiu criminalizar a homofobia. Dos 11 ministros, oito votaram a favor da criminalização, com isso, o Brasil se torna o 43º país no mundo a criminalizar as práticas homofóbicas.

Na teoria, o crime de homofobia e transfobia será enquadrado no de racismo, até que o Congresso aprove uma lei especificamente para tratar desses casos.

0