SEGUE
Economia e Negócios

Trabalho Coleção

dinheiroherodinheirohero
12 Historia
0 Seguidor
0 Compartilhar

O primeiro emprego: como começar nesse mundo?

Conseguir o primeiro emprego, sobretudo em épocas escassas em oportunidades, pode ser bem difícil, mas isso não significa que seja impossível.

Neste relato, você vai descobrir como consegui meu primeiro emprego e como isso contribuiu para o desenvolvimento das minhas qualidades.

A necessidade de um emprego na atualidade

Além das parcas oportunidades de emprego, atualmente temos gastos mais expansivos do que no passado. Como ter uma renda, então, se não há trabalho?

Eu comecei a trabalhar de forma informal aos meus quatorze anos, no mesmo bairro onde moro. A comodidade se somou à necessidade do dinheiro que, mesmo sendo pouco, ajudava, e então fui contratado para trabalhar em uma papelaria e copiadora.

Não recomendo nem “desrecomendo” o trabalho informal nessa idade. Acredito que cada pessoa funciona de um jeito; cada pessoa compreende a necessidade de um emprego em determinado tempo. Para mim, foi uma experiência boa. Eu costumava ser muito tímido, e, posto na realidade do emprego, aprendi a tomar decisões e a me tornar uma pessoa mais responsável, o que foram ganhos extraordinários na minha vida.

Como encontro o meu primeiro emprego?

Atualmente, há oportunidades como o Jovem Aprendiz para pessoas a partir dos quatorze anos, embora seja aos dezesseis que as empresas costumam começar a contratação. O interessante é pensar por que você precisa de um emprego e em como ele vai satisfazer às suas necessidades. Depois, é interessante encontrar algo que gosta, se possível, ou algo que não sabe se gosta, para ver se é do seu agrado.

Se você está na adolescência, é interessante pontuar que seus gostos ainda estão sendo descobertos e que você não se deve prender a uma rotina de trabalho desagradável, apenas para corresponder aos desejos de outras pessoas. Procure empregos na região — empregos decentes, humanos, que lhe acrescente coisas boas — ou, se preferir, aventure-se a conhecer propostas mais fora-da-caixa, com ganhos diferentes, mas, também, necessários. A vida é uma constante experimentação.

O meu primeiro emprego me ajudou muito a crescer profissionalmente e como pessoa. Procure algo que faça o mesmo, que te ajude não só financeiramente mas que também agregue conhecimento e desenvoltura. Que tal? Se você gostou deste texto, acompanhe os nossos outros artigos. Estão esperando você!

0
0
0
0
0
0
0
0