SEGUE
Economia e Negócios

Trabalho Coleção

dinheiroherodinheirohero
12 Historia
0 Seguidor
0 Compartilhar

Tempo não é dinheiro: O Cansaço e a falta de tempo por excesso de trabalho

Trabalhar é essencial para a vida de todos os homens e mulheres, pois é uma forma não só de ocupar uma parte do seu tempo diariamente como você tem a oportunidade de desenvolver habilidades, superar os seus desafios e ainda garantir a sua subsistência a cada mês.

Ainda que o trabalho dignifique o homem vivenciamos tempos de grande correria e, com isso, o excesso de trabalho começou a fazer parte da rotina profissional (e isso é ruim). Procuramos trabalhar mais para ganhar mais. Eis a lógica.

Só que infelizmente o trabalho excessivo - como qualquer coisa em excesso - provoca diversos males, tanto para a saúde física como também para a saúde mental.

A ciência descobriu algumas doenças como a Síndrome de Burnout que tem acometido um número significativo de pessoas, além de outros problemas relacionados a saúde física como doenças cardíacas, diabetes e, no campo emocional, a depressão, transtorno bipolar e até mesmo algumas neuroses, manias e psicose.

Neste artigo quero compartilhar contigo algumas informações sobre o trabalho excessivo para que se atente e comece a preservar a sua saúde. Afinal, tempo não é só dinheiro, tempo é saúde, bem-estar e qualidade de vida.

A jornada diária e o trabalho excessivo

O trabalho excessivo é caracterizado por uma jornada superior à média da profissão ou carreira exercida. Além disso, o profissional acaba privilegiando o seu trabalho em detrimento de outras áreas da vida.

Dessa forma, é muito comum encontrar os

Workaholic
que nada mais são do que pessoas viciadas em trabalho. Elas trabalham não só em seus postos nas empresas, mas também o levam para casa. Quando acessam à internet estão sempre verificando suas caixas de e-mails para checar se chegou “alguma coisa do trabalho”.

Elas simplesmente não se desligam. É preciso separar e vivenciar cada etapa da sua vida. Por isso você deve ficar atento para perceber quando se está vivendo para o trabalho. Saiba que por mais que se ganhe mais dinheiro acabará gastando uma boa quantia dele para a sua saúde.

Fora que você acaba perdendo um tempo precioso para aprender novas habilidades, conhecer pessoas e ficar ao lado de quem realmente ama.

Quando se começa a trabalhar de forma excessiva você simplesmente acaba se frustrando mais rapidamente, pois o seu organismo começa a se cansar e a dar sinais de que não está aguentando.

Síndrome de Burnout: O tempo doente

Muitas pessoas confundem a Síndrome de Burnot com depressão. Ela é causada por um grande estresse na carreira profissional de um determinado indivíduo. Alguns sinais evidentes da síndrome são: resfriado constante, dores de cabeça, crise de choro e, de quebra, o estresse.

O trabalho passa a ser reconhecido como um pesadelo real porque não se consegue desligar dele. O assunto ainda carece de estudos, mas estima-se que boa parte da população ativa apresente algum sinal de Burnot.

Por isso fique atento, pois atrás da premissa “tempo é dinheiro” esconde-se um inimigo silencioso e voraz.

0
0
0
0
0
0
0