Agenda de adaptação profunda: mapa para navegar pela tragédia climática

O último verão foi um dos mais quentes da história. Muitos cientistas atribuem isto a mudanças climáticas causadas pela poluição do ar, principalmente.

O fato é que o clima vem apresentando comportamentos atípicos e cada vez mais agressivos.

Aqui no Brasil já houve alertas de ciclones e tempestades tropicais se formando em regiões que estes fenômenos são incomuns.

No campo, as mudanças climáticas afetam a agricultura e a oferta de alimentos; nos centros urbanos a infra-estrutura e funcionamento das cidades, dentre outros problemas.

Vários setores da sociedade, seja público, privado ou os próprios cidadãos, aderiram a práticas sustentáveis que eliminem ou amenizem a poluição que produzem.

A sensação de impotência é falsa

Há também cientistas e professores interessados em promover atitudes e políticas sustentáveis, como é o caso do professor, pesquisador e empreendedor Jem Bendell.

Bendell, professor de Liderança Sustentável e fundador do Instituto de Liderança e Sustentabilidade (IFLAS) na universidade de Cumbria (Reino Unido). Bendell foi formado em Cambridge e propõe a abordagem da Adaptação Profunda (Deep Adaption Agenda) para comunicação com a sociedade.

Medidas para mudar esse cenário

A Agenda de Adaptação Profunda é um conjunto de medidas e ações para evitar um possível colapso da civilização decorrente das alterações climáticas e também de contramedidas caso uma catástrofe global recaia sobre a humanidade. A Adaptação Profunda tem como fundamento os conceitos de resiliência, abandono, restauração e reconciliação.

Resiliência

Os valores que nós temos os que realmente precisamos manter no que se refere a modificação de valores que deverão ser mantidos para adaptação e sobrevivência.

Abandono

Conceito que envolve abandono de costumes agressivos ao meio ambiente ou à sobrevivência.

Restauração

Refere-se ao redescobrimento de conceitos e atitudes da sociedade antes da modernidade dependente de combustíveis, como reintegração da vida com a natureza.

A agenda é disponibilizada em forma de curso no site do professor Bendell, que também ministra palestras acerca da temática do clima.

0