SEGUE
Viagem

Turismo

adrianastravelsadrianastravels
17 Historia
0 Seguidor
0 Compartilhar

Viagem aos Eua - O que posso trazer para o Brasil sem ser taxado

Planeje-se! Ao viajar e querer comprar não exceda sua cota! Veja dicas de ouro para você não ter dor de cabeça!

Viajar é muito bom e conhecer uma nova cultura vale a pena em qualquer momento da vida. Mas é muito comum que uma viagem ao exterior e especificamente aos EUA gere aquela vontade de fazer umas comprinhas locais.

Além disso aproveitar os preços que são indescritivelmente mais baratos em comparação aos preços aqui no Brasil que incide de impostos altíssimos. Veja a seguir como fazer boas compras no exterior.

Quais as regras para compra em outro país?

As compras realizadas em outro país podem ser alvo de fiscalização na Alfândega pela Receita Federal. Pois existe um limite de compra no valor de 500 dólares para cada individuo e ainda tem os produtos considerados proibidos.

Para aqueles que pensaram que a cota de 500 dólares é pouca, pode ficar aliviado, pois ainda tem o limite para compras realizadas no Free Shop aqui no Brasil. Assim você pode gastar até 500 dólares além da cota de compras do exterior.

Essa parcela extra só é considerada para compras feitas na hora do desembarque no Brasil. Compras realizadas no embarque no Brasil ou em algum Free Shop no exterior entrarão na cota de compras feitas fora do país.

Quais os produtos não são taxados?

Para se prevenir e saber o que comprar segue a lista de itens que não são taxados pela Aduana se estiverem dentro da cota de 500 dólares e das regras específicas:

Bebidas alcoólicas: doze litros é o limite máximo.

Cigarro: dez maços, cada um com o limite de vinte unidades.

Bens de até 10 dólares: trazer no máximo até dez peças iguais.

Outros bens: o máximo de três itens idênticos.

Relógio, celular e máquina fotográfica: apenas uma unidade por pessoa será considerado para uso pessoal e deverá estar sem etiqueta e fora da caixa, outras unidades poderão ser taxadas.

A multa para quem não declara na Alfândega o valor excedido da cota de 500 dólares é de 50% acrescido de 50% do valor excedente. A sua bagagem poderá ser fiscalizada, mesmo que você declare de forma espontânea um bem a Receita Federal.

0