URGENTE: Julgamento de Lula está sendo feito agora e ele pode ser solto

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu retomar o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula nesta terça-feira (25). O caso está sendo julgado nesse instante e caso a defesa do petista seja aceita, Lula pode ser solto ainda hoje.

A Segunda Turma está analisando se houve parcialidade no julgamento feito pelo então juiz Sérgio Moro. Os ministros estão julgando dois habeas corpus:

  • Um no qual os advogados do ex-presidente questionam a atuação do relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Felix Fischer
  • Outro em que é apontada a suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, durante o processo no qual o ex-presidente foi condenado
  • O advogado de Lula, Cristiano Zanin, pediu a palavra no início da sessão dessa terça e solicitou prioridade no julgamento da defesa do ex-presidente que está preso há mais de 400 dias em Curitiba.

    Felix Fischer rejeitou no ano passado o pedido feito pela defesa do petista, porém o advogado de defesa recorreu sobre a decisão usando o argumento de que ela não devia ter sido tomada pelo ministro sozinho, devendo ela ser tomada pelos integrantes da Quinta Turma do STJ.

    O outro pedido de defesa foi apresentado também no ano passado quando Sergio Moro aceitou o convide de Bolsonaro para ser Ministro da Justiça. A imparcialidade de Moro foi questionada.

    Pedido de liberdade imediata

    Zanin, advogado de Lula, pediu aos ministros que caso o julgamento não possa ser concluído hoje, que o ex-presidente tenha a liberdade provisória por meio de liminar, até que o caso seja concluído pela Corte.

    “Não daria tempo de revelar todas as violações, que vão desde cerceamento de direito à prova, indeferimento contínuo de todo e qualquer requerimento.

    Há manifesta violação a garantias fundamentais e decisão condenatória proferida por juiz claramente suspeito, que foi o responsável por processar essa ação”

    Matéria em atualização
    0