Vendedora de 73 anos é arrastada por carro de luxo ao negar balão grátis

Um caso absurdo ocorreu no Distrito Federal na noite do último sábado (15), em Taguatinga, durante uma festa junina, uma vendedora de balões idosa foi arrastada por um carro durante aproximadamente 100 metros. Segundo a idosa, o motorista do Mercedes-Benz queria um balão de graça e ela negou.

A vítima se chama Marina Izidoro de Morais e tem 73 anos, segundo o relato, ela estava numa festa junina vendendo balões quando uma Mercedes-Benz parou ao seu lado, o motorista pediu um balão de graça.

A idosa disse que não poderia abrir mão da venda, com isso, o condutor afirmou que só tinha dinheiro para uma unidade. Marina estava retirando o balão para o vender quando a mulher do banco de passageiros o puxou e o motorista disparou com o carro.

Como todos os balões estavam amarrados no braço da idosa, ela foi arrastada pelo carro por cerca de 100 metros, e só parou quando as bexigas se soltaram. Marina sofreu escoriações e foi parar no hospital.

Populares anotaram a placa do carro de luxo. O caso foi registrado como lesão corporal, mas até o momento ninguém foi preso.

"Eles me arrastaram. Pensei que ia morrer."

O

"Estou muito abalada e não conseguirei trabalhar esta semana. Fica o trauma e não sei se ainda quero continuar vendendo balões. Desmarquei todos os meus compromissos. Naquele momento, vi a morte. Não fiquei desacordada. Lembro exatamente de como tudo aconteceu"

0