Vítima de assédio é salva por bilhete de desconhecida e história viraliza

Uma história de sororidade divulgada na última quinta (13) está viralizando na internet, uma jovem chamada Thaíza Paula publicou no Facebook que foi salva de um assédio por uma mulher desconhecida.

Thaíza conta que é auxiliar de saúde bucal e nunca havia imaginado que podia passar por uma situação dessa. Ela relata que um homem sentou ao seu lado no ônibus e não parava de olhar para ela, se mostrando inquieto durante todo o trajeto.

“Eu não parava de pensar e, por mais que eu achasse que não tinha essa possibilidade, ele não parava de me olhar e de ficar inquieto observando quem estava a nossa volta”

Ela conta que estava desesperada quando foi salva por uma mulher desconhecida. “Eu estava assentada na frente e ela atrás, então ela percebeu que ele estava inquieto e ao mesmo tempo eu estava sem reação. Foi quando ela me cutucou e me entregou o bilhete. Eu tentei ler escondido mas ele ficava toda hora tentando ver o que era”

O conteúdo do bilhete era “Moça, mexa na sua orelha direita, se esse cara ao seu lado estiver te incomodando. Meu nome é Camila, pode fingir que me conhece”. Após ler, as duas começaram a conversar, o homem ficou confuso e desceu no próximo ponto.

“Eu postei o caso, mas não imaginava tamanha repercussão. Fico feliz, pois são muitas apoiadoras parabenizando a atitude da Camila. Depois do que aconteceu comigo, ficarei mais atenta com outras mulheres para poder ajudar também”

0