Vladimir Safatle e o 'combate sem trégua' ao fascismo BR

Vladimir Safatle e o 'combate sem trégua' ao fascismo BR

Um dos colunistas da esquerda mais eloquentes e sensatos da imprensa brasileira, com proximidade óbvia com o PSOL, Safatle atacou o candidato Jair Bolsonaro. Mas há uma lógica coerente em sua coluna afiada na Folha de S.Paulo.

Tive aulas por três semestres com o professor de filosofia Vladimir Safatle na USP. Estudei música, filosofia contemporânea francesa (Deluze) e Theodor Adorno. Posso dizer que suas aulas foram fundamentais na minha formação, considerando a originalidade do pensamento e a ideia de se estudar o todo e não apenas o fragmento do conhecimento.

47conciliatória48

Na sua coluna da Folha de S.Paulo publicada no dia 3 de março, Vladimir Safatle faz um ataque direto a Jair Bolsonaro, o principal beneficiado da pesquisa de intenção de voto para 2018 da CNT/MDA junto com Lula.

O filósofo diz:

83Uma leitura mais detalhada da pesquisa revela fatos ainda mais surpreendentes. Bolsonaro é o candidato mais votado dentre aqueles que possuem ensino superior (20

91direita liberal92

Safatle então relembra o significado clássico do fascismo, que veio do nacionalismo italiano se baseando na xenofobia exagerada e no belicismo. Bolsonaro é um dos poucos deputados na ativa que defende a ditadura militar, saudou um torturador no impeachment de Dilma Rousseff. Ele seria, portanto, um representante desta linha de pensamento totalitária de direita e, portanto, defensora dos valores do capitalismo convencional.

106Já há algum tempo

114culto à violência sistemática do Estado115De toda forma

O filósofo pede que a gente pegue em armas para combater este tipo de pensamento?

Como todo o bom pensador, a ideia não é meramente recorrer à ação direta. Mas sim dar a designação correta aos movimentos políticos em ascensão e alertar para os perigos reais deste pensamento.

A ditadura militar matou, no papel, 357 pessoas. O jornal Folha de S.Paulo, onde Safatle publica suas colunas, aumenta o número para 600. Há relatos de que, somente num hospício em Minas Gerais, 60 mil pessoas morreram.

144capitalismo contra o comunismo145

Safatle não fala em pegar em armas. Mas parece que o fascismo de direita está de volta.

Seja o primeiro a curtir!

Comentários

avatar

As pessoas também curtiram

Histórias relacionadas
1.
Mineira irá se casar com ela mesma em cerimônia no domingo
2.
Entenda a polêmica entre Whindersson Nunes e Carlinhos Maia
3.
Madrasta proíbe filha do noivo de ir em seu casamento e gera polêmica
4.
Homem esquece aliança em casa e recebe mensagem enigmática
5.
Mulher disse que não consegue emprego por ser bonita demais
6.
UEFA não garante segurança e Mkhitaryan está fora da final da Euro League
7.
Marta termina com sueca e assume namoro com colega de time
8.
VÍDEO: Empresária acorda moradora de rua com balde d’água e gera revolta
9.
Mulher se cansa de vizinhos “intrometidos” e faz uma faixa hilária
10.
Livraria carioca envia livro de Kafka com 25% de corte para ministro da educação
500x500
500x500